© All rights reserved GEPEM 2018

Formando pais: a educação daqueles que educam

 

Proposta de curso de formação e implantação de “Equipes para pais” na escola

Objetivos gerais:

 

  1. Conhecer o desenvolvimento cognitivo, afetivo e moral de crianças e adolescentes para saber o que pensam e o que sentem quando são bebês, quando são crianças e as mudanças que acontecem ao se tornarem adolescentes.

  2. Discutir sobre as formas de educação que se pode ter (educação autoritária, educação por retirada de amor, educação elucidativa, negligente...) e as consequências que essas ações podem ter na formação da personalidade da criança e do adolescente a partir das pesquisas que já se tem realizado na Psicologia Moral.

  3. Apresentar um espaço para o reconhecimento e a manifestação das angústias, das incertezas, das conquistas que se tem como pais e mães no processo de educação de crianças e adolescentes.

  4. Aprimorar a linguagem que usamos para que as crianças e adolescentes tenham reconhecidos seus sentimentos e suas ações limitadas.

  5. Discutir procedimentos que podemos utilizar para educar crianças e adolescentes e as correções que substituirão os castigos e punições físicas ou psicológicas.

  6. Construir coletivamente um programa de atuação na comunidade educativa formando pais que se coloquem, por sua vez, para ajudar a outros pais que tenham problemas nos relacionamentos com seus filhos.

A estrutura do projeto de formação de pais

 

A estrutura básica do projeto contempla 20 horas nesta fase, distribuídas em encontros de 2 ou 3 h de duração. 6 encontros de 3 horas e em cada um deles, um tema para discussão, sempre acompanhado de uma leitura anterior.

Na fase 1 os pais trabalham com três livros infantis e suas propostas publicadas pela Editora Adonis: “O medo da Bia; “O menino e a mãe do menino” e “cospe-Fogo, o dragão”.

O curso poderá ser frequentado por um número de até 45 pais. O certificado será emitido para aqueles que tiverem frequência maior ou superior a 85% dos encontros. Será emitido em parceria com a Editora Adonis, a escola/colégio em que o trabalho for implantado e o GEPEM – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral – Unesp/Unicamp.

Após as 20 horas cursadas o grupo de pais se reúne uma vez ao mês com o formador para estruturar e colocar em funcionamento o “Programa de Apoio dos Pais”. Cada equipe organizará as ações que serão desenvolvidas. Antes desse acompanhamento, os pais apresentam à gestão o seu plano de ações. Somente depois da aprovação pela equipe gestora os pais começam a atuação na escola.